Nau Desgovernada

Como afundar uma Universidade

Desrespeito escancarado com mestrandos

Vejam a carta que recebemos, reproduzimos abaixo tomando o cuidado de editar as cópias das mensagens que nosso colaborador enviou à Universidade São Marcos, evitando que venha a sofrer represálias.

Provavelmente outros estejam passando por isso. Vamos ao texto:

“De janeiro a março, a SM emitiu duas vezes os boletos, com valores diferenciados. Trabalhei em banco no setor de duplicatas e financiamento e sei que as empresas emitem duplicatas baseadas em empréstimos quando se encontram sem capital de giro, ou seja, em dificuldades financeiras. Por que duas? Por que devem ter conseguido dois empréstimos, um deles ilegal. O interessante é que três mensalidades pagas não constam no sistema. Apresentei os comprovantes e eles sequer modificaram a situação, deixando em aberto as mesmas. Alguém embolsou a grana e agora eles querem cobrar uma segunda vez de mim e, provavelmente, de outros.

Enviei várias mensagens e nenhuma resposta. (…)

Confiram abaixo os e-mails.

(…) Não consegui realizar a rematrícula via online. Apesar do meu cadastro abrir, para efeito de rematrícula, o Usuário não existe. Tentei de todos os modos possíveis. Não deu certo. Percebi que meu e-mail no cadastro está errado. Tentei alterá-lo. O sistema não aceita. Tentei contatar a Ouvidoria. Não funciona. Tentei o Atendimento Online. Pior ainda. Enviei mensagens para mil e um contatos possíveis na São Marcos. Ninguém responde. Existe um abismo entre o Financeiro e o Mestrado. Abismo de relacionamento, tratamento, educação, proatividade. Bom para vocês do Mestrado, cujo conceito continua em alta. Péssimo para a Administração da Universidade. (detalhe: o conceito como indivíduos, dos professores e não do programa abalado, à deriva)

Afinal, será que alguém poderia me responder as questões abaixo?

1) Por que o Financeiro insiste em dizer que eu tenho pendências, sendo que foram apresentados todos os comprovantes de pagamento em dia?
2) Por que a questão não recebe uma solução definitiva?
3) Quem embolsou na São Marcos as mensalidades pagas? (desculpe a franqueza. É assim que eu entendo o problema, para não dizer “incompetência”, “desonestidade”
4) Por que apenas a nota de SP aparece no sistema? Onde estão as anteriores?
5) Por que a Administração da São Marcos insiste em ser tão diferente da Administração do Programa de Mestrado Interdisciplinar? Ela deseja fechá-lo? Ela deseja prejudicar seus alunos? É o que parece.
6) Existe alguma determinação para os funcionários do Financeiro tratarem com arrogância e responderem com evasivas aos alunos, clientes dessa universidade?
7) Afinal, estou ou não matriculado no Mestrado Interdisciplinar?
Existe algum responsável que pode determinar ordens a fim de solucionar esse imbróglio?

Deixo meus telefones para contato. Aguardo até segunda-feira. Caso contrário, tomarei outras medidas para solucionar essa questão. Estou disponível ao diálogo. Por enquanto.”

julho 25, 2008 - Posted by | Uncategorized

1 Comentário »

  1. A situação vai piorar, o emprestimo tão almejado pelo Ernani José de Paula foi declinado pelo Banco, 20 milhões dando como garantia o edifício do ABC. Como não saiu, resposta que obteve na segunda a tarde, ele esta pensando em como fugir de SP o mais rápido possível.

    Comentário por DEMITIDO | julho 25, 2008 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: