Nau Desgovernada

Como afundar uma Universidade

Leões e cordeiros

Amigos e amigas, tripulantes dessa Nau, li os comentários do último período, obrigado. Contribuições valiosas podem ser conferidas, na íntegra, nas seções de cada post.

O Almirante agradece ao amigo que aponta como risco a aproximação com o Sindicato. Concordo que estamos em águas de tormenta, cheia de perigos e desconfianças de todo lado. Pode ser ingenuidade, como apontou o amigo, mas acho sinceramente que é depósito de confiança em quem deve (deveria e deverá) atentar para os direitos dos trabalhadores. Então precisa ser cobrado, sim. Publicamente. Façamos, então.

Foi ótima a colaboração de outro amigo, que trouxe números presumidos entre renda, investimento e despesas da empresa SMarcos. Mostra que um dos mais lucrativos empreendimentos educacionais do Ipiranga, em SP, está sendo esvaziado a passos largos, pelos atuais gestores. Ministério da Educação, socorro! Salvem esta Nau. Justiça do Trabalho, por favor, apareçam! Imprensa minimimente responsável, você existe? Cadê vocês, então?

Cada vez que nos deparamos com um novo dia, mais nos chateamos.

Ah, sim, vocês devem estar se perguntando a razão do título. Trata-se de um filme, ótimo, que todos precisam assistir. Tem muito a ver com o que vivemos hoje no mundo e nesta Nau. Assistam, se puderem.

Abraços do Almirante

agosto 5, 2008 - Posted by | Uncategorized

1 Comentário »

  1. Acredito que muito peixe grande deve ter “dívidas” com os De Paula, pois não existem Leis, Mec, Ministério do Trabalho, Ministério Público, Receita Federal, Bancos, Sindicatos etc, para dar um basta em tantas falcatruas. É lamentável tb, o número de profissionais que se submetem aos absurdos impostos pelo “Poderoso Chefão”. A falta de união enfraquece o trabalhador. O primeiro “basta” tem que começar pelo próprio trabalhador(em breve a grande maioria dos funcionários antigos, os que ainda restam, serão demitidos), PARAR, cruzar os braços, não trabalhar sem receber salário, sem ter condições, parar pelos colegas, é direito de greve adquirido. Cobrar o sindicato é direito e dever do trabalhador, bem como tirar quem está à frente do sindicato se omitindo, pois um sindicato é feito por trabalhadores da “base”, já é hora dos auxiliares de administração escolar se organizarem e reorganizarem o sindicato da categoria, pois sempre são os mesmos que estão lá por falta de participação do próprio trabalhador.

    Comentário por Che Guevara | agosto 5, 2008 | Responder


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: